O café e a economia doméstica

17/03/2010

Motivada por essa nota sobre o coador de pano versus o de papel (assunto do post anterior), resolvi fazer as contas de quanto custa o cafezinho de cada dia, caso optemos por um ou por outro. Acrescentei ainda a cafeteira italiana, que é super econômica (em relação ao consumo de pó) e cujo café é muito do bom.

Alerto que não se trata de uma pesquisa exaustiva nem nada. Vi o preço dos produtos (café, coador e cafeteira) em alguns sites, e pronto. Serve nada mais que para dar uma ideia geral de quanto gastamos, por ano, pra fazer um café por dia, para duas pessoas. Os números estão arredondados.

USANDO O COADOR DE PAPEL
Itens necessários:

  • Suporte pequeno } R$ 4,12
  • Coador pequeno com 60 unidades } R$ 3,81
  • Pó de café, 500 g } R$ 5,13

Segundo as minhas contas, considerando que é preciso pelo menos três colheres de sopa cheias pra se fazer um bom café para duas pessoas nessa modalidade (8 g cada), no ano serão necessários 17 pacotes de café (R$ 87), além de seis pacotes de coador de papel (R$ 23). Somando com o suporte, o total anual é de R$ 114.

USANDO O COADOR DE PANO
Itens necessários:

  • Suporte pequeno* } R$ 4,12
  • Coador pequeno } R$ 2,64
  • Pó de café, 500 g } R$ 5,13

Nesse caso, minhas parcas contas revelam que o custo anual do cafezinho matinal diminui R$ 20, pois precisaremos adquirir o coador apenas uma vez. O resto, como a quantidade de pó necessária, é todo igual ao do coador de papel. Assim, o valor total é de R$ 94.

*Obs: Não faço a menor ideia de onde encontrar o suporte próprio para o coador de pano. Na feira, talvez? Aqui nesse site, há uma imagem que revela seu formato aos mais jovens e desavisados, como eu. De qualquer forma, dá muito bem para usar o mesmo suporte do papel. É o que também acha a autora desse blog aqui (muito simpático, por sinal).

USANDO A CAFETEIRA ITALIANA
Itens necessários:

  • Cafeteira para duas pessoas } R$ 90
  • Pó de café, 500 g } R$ 5,13

Sou adepta. Ela é cara, não há como negar. Mas o café, novamente, é muito gostoso e forte, e a economia de pó é incrível. Enquanto no coador uso pelo menos três colheres de sopa cheias, nesse utensílio coloco apenas uma colher rasa (6 g). Com isso, um pacote de 500 g rende 83 dias. Num ano, precisarei de somente 4 pacotes, o que corresponde a R$ 20.

Desta forma, o preço alto da cafeteira para duas pessoas (cerca de R$ 90) somado ao do pó necessário (R$ 20) fica mais em conta do que a primeira opção: R$ 110. No segundo ano, gastaria só o preço do pó (R$ 20).

Isso sem falar que, quando economizamos no coador de papel, geramos menos lixo e deixamos de “produzir” embalagens (que, fatalmente, virarão lixo ou, no máximo, matéria prima para reciclagem – grande coisa). E evitamos que aquilo seja transportado de um lugar para o outro, que se consuma água e energia na sua fabricação etc. Aquelas coisas de que devemos nos lembrar sempre, antes de comprar alguma coisa – principalmente se ela for desnecessária.

Devo dizer que há muito mais que isso. O coador de pano, por exemplo, dura bem mais que um ano. Em muitas casas, como na minha, fazemos café pelo menos duas vezes ao dia. Mais gente toma café em outros lares. Portanto, os custos (e as economias) se multiplicam nessas mesmas medidas.

Alguém poderá dizer: mas… e a água usada para lavar o coador de pano e a cafeteira italiana? E eu responderei com outra pergunta: e a água usada na fabricação dos milhares de coadores de papel (e suas embalagens) que usaremos no decorrer dos anos? Acho que ninguém fez essa conta, pra saber qual de fato usa menos. Mas por enquanto eu fico com a minha.

E aí, vamos tomar um cafezinho?

Anúncios

3 Respostas to “O café e a economia doméstica”

  1. Roberta Sá Says:

    Oi Elisa
    Eu gosto muito da cafeteira italiana, mas o café resultante é forte a beça, né?
    Em casa eu tenho uma outra solução: trouxe do Reino Unido uma caneca que tem um filtro permanente para café. Ainda não vi no Brasil, mas é muito prática. Já trouxe de presente e encomendas pra algumas pessoas. Dá para ver como é aqui: http://www.bodum.com/pages/products/product_frame.asp?famId=10&subFamId=&id=K1791-01

  2. nosconsumimos Says:

    Muito legal, Roberta!
    Realmente, o cafezinho da cafeteira italiana é bem fortinho.

  3. glenn Says:

    se o suporte do coador for de plástico ainda vai contribuir prum cancerzinho mais pro futuro… daí aumenta mais um pouco essa conta. hehehe.

    viva a cafeteira italiana


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: